José Alberto Mar. Com tecnologia do Blogger.

Blogs Brasil

14.5.13



 
Como um fio-de-prumo a noite. Em cima de tudo. E por dentro, uma voz insidiosa e duradoira, o ouro breve dos momentos atravessa a escuridão com a velocidade dos sinais do Mundo. Também há o universo aceso para todos os lados, e os candelabros dos nossos pensamentos são fagulhas que no ar se cruzam e entrelaçam e enlaçam as substâncias que unem os cenários das vidas. Tudo tem um propósito errante e nenhuma voz cabe dentro de todas as línguas faladas, caladas da Terra.