19.3.13

Imagens afundadas na memória (5ª)


Parado impreciso como uma janela
nos chama ao abrir-se o gesto
leva a mão em arco sobre
a luz desenhada que dizes: Poesia


in,A Primeira Imagem, Editora Sol XXI,1998.

Sem comentários: