29.3.17

~~~ Vadu ~~~


~ tu que eras de uma elegância demasiado bela, a começar pela luz de dentro
que te caía no rosto e se espraiava largamente  no sorriso desenhado em pontes de encontros para todos os lados  da vida, foi assim que te vi no bar da Alita, no epicentro quase da Praia e do Mundo. E tu, meu sakana, vais-te embora sem um sinal apenas um qualquer aviso nem nada. Isto não se faz aos amigos. Mas. Espero-te 1 dia destes, lá nas montanhas onde vivo entre as árvores estreladas cá em baixo, não precisas de bater á porta sabes como somos ainda te lembras do pássaro que poisou no balcão entre as nossas luzes e fikou ali a escutar-nos?

(baú das Diásporas. 16º = 7)

 Vadu na Cidade Velha:https://www.youtube.com/watch?v=MxSHNsFLaWw&list=PLj73tVZ6bm7We0nA5_A0Pzg7yA9IWsoXg

Sem comentários: