18.9.11

koisasimples




















- foto trabalhada. j.a.m. -

1 comentário:

Anónimo disse...

“koisasimples “
(talvez somente no título: na beleza, luminosa , por inteiro … )


As estrelas cadentes
a caírem
a caírem
como folhas
enxutas
sem vento
vagueiam de outro modo:
rompem as trevas
por instantes; sem cadência.

Vogam, súbitas
imponderáveis.

Sem peso
quando partem.
Vogam.

( Diz peremptória
a ciência:
São
pedaços de cometas
desagregados. )

Vogam, leves
instantâneas.
Reinventando
dentro de si
as leis da gravidade,
caem
reduzidas a pó.

Rasgam a noite.
Exibem seus rastros
de luz.

Vogam. E penso:

Na sua
essência etérea,
contrariando
as leis
do espaço,
brotam

(Sem que vagueiem. E
sem que
a ciência disso desconfie
ou alguém o pressinta.)

em FLOR.

Térrea.
Tão luminosa

– nascida do chão.
Sem mácula.


(Eugénia- 10 000ª visitante)